quinta-feira, 2 de abril de 2009

CENTÉSIMAS-VIGÉSIMAS

Quem já leu o Acordo Ortográfico ponha o dedo no ar! Vêem, vêem? O que interessa é a palavra, não a regra da palavra. Cada produtor de palavra emite-a ou grafica-a como o seu espírito manda. Se os acordos ortográficos da vida valessem alguma coisa, a não ser para efeitos industriais, quantos livros que lemos e gostamos passariam a monos de letras remetidos para os stocks a abater?

1 comentário:

JúliaML disse...

:-)
graficar como o espirito manda" ,gostei!:-)