sexta-feira, 7 de novembro de 2008

SEPTUAGÉSIMAS-TERCEIRAS

As palavras que aqui são escritas vêm da ermitude. Enquanto a ermitude dura, as palavras estão lá, aguardando ver o Sol, aguardando que a Alegoria da Caverna termine, para poderem ver o Sol. E a ermitude nunca sei quando acaba. Em resposta ao comentário anterior. Hoje, por exemplo, um estranho torpor corporal e mental transportou as palavras para bem longe. Debato-me em letras, jornais, livros e pensamentos. Voltarei.

3 comentários:

Anónimo disse...

Um debate assim, entre livros, ideias, pensamentos é ...
uma dádiva. Considere-se uma pessoa de sorte.

JúliaML disse...

esperamos por si!

Anónimo disse...

"Amanhã voltarei a erguer a espada", pode ser o seu mote.
Se procurar, descobre-o.
Também há uma reflexão de Teresa Sá Carvalho sobre o "Voltarei".

Amanhã volto com outras sugestões de palavras ermitas.