segunda-feira, 3 de novembro de 2008

SEPTUAGÉSIMAS-SEGUNDAS

O frio. O céu cinzento. As árvores despidas com os ossos à mostra. São três da tarde e já tenho as luzes acesas. O Inverno cerca-me. Cerca-me. Está aqui à minha frente. Resta ler.

2 comentários:

JúliaML disse...

amanhã fará Sol, dizem! :-)

Anónimo disse...

Não deveriam já estar escritas as septuagésimas-terceiras-quartas e quintas palavras ermas?