domingo, 15 de fevereiro de 2009

CENTÉSIMAS-SEXTAS

Eu sei. Quase um mês. Muitas palavras ouvi e disse desde então. Muitas não disse e não ouvi. Refugio-me aqui:

"Uma constitucional perturbação da vontade e uma ânsia, paralelamente paralisante, de sobre tudo dizer tudo, sem falha, falta ou fraqueza, fazem com que eu ponha em tudo o que faço uma demora que acaba por me apavorar até à acção, e que comece essa acção por um pedido de desculpas de tanto ter demorada."

Excerto de carta de Fernando Pessoa a Jaime Cortesão, in " Obra Essencial de Fernando Pessoa, Cartas".

1 comentário:

tn disse...

"Passaram meses sobre o último que escrevi. Tenho estado num sono do entendimento pelo qual tenho sido outro na vida. Uma sensação de felicidade translata tem-me sido frequente. Não tenho existido, tenho sido outro, tenho vivido sem pensar."
Fernando Pessoa, in Livro do Desassossego.